sistema rtk<br />

O posicionamento GNSS é uma técnica que utiliza o sistema RTK para fazer medições de terrenos de todas as formas. Existem diferentes tipos de equipamentos de topografia e rádio RTK que utilizamos para realizar os diversos tipos posicionamento GNSS, e hoje falaremos sobre eles, vamos lá? 

Tipos de rádio gnss rtk

Normalmente, para realizar um posicionamento GNSS são utilizados dois tipos de rádio. Conheça os que têm entre 4 e 5 hertz, que permitem um longo alcance e os que tem entre 1 ou 2 hertz, que cobrem uma distância menor. 

Os rádios gnss rtk são utilizados em conjunto com os GPS GNSS. Os aparelhos que tem entre 4 e 5 hertz, geralmente, não podem ser integrados ao receptor GNSS, por causa de seu tamanho. Estes equipamentos de topografia são externos e precisam de bateria, tripé, cabos e bastões extensores a parte para garantir seu funcionamento. Este tipo de rádio, geralmente, é utilizado no posicionamento GNSS RTK UHF, falarei dele logo mais.

Dessa forma, pode parecer complexo carregar tantos equipamentos para campo, entretanto, o fato do rádio ser externo e possuir 5 hertz, permite que ele envie sinais a até 35km de distância da base! O que é excelente para medição em terrenos maiores, como áreas rurais. 

Já os rádios com 1 ou 2 hertz, que são geralmente utilizados nos  posicionamentos GNSS GSM, possuem alcance menor, cobrindo uma área de até 9km. Como o GSM envia dados para a antena de celular mais próxima, ele não se preocupa com morros e prédios que podem impedir tal envio. Vale ressaltar também, que, caso seja necessário, ele pode enviar até para outra torre, ou uma terceira pessoa. 

Esse equipamento de topografia é indicado para ser usado em áreas planas, como estradas. É indicado, também, para o uso em propriedades que não sejam tão afastadas e tenham antenas de telecomunicações ao redor. 

Bem, agora que você conhece os tipos de rádio gnss rtk, podemos falar sobre os tipos de posicionamento GNSS em que podemos utilizar estes equipamentos de topografia, acompanhe: 

Posicionamento GNSS e os tipos de rádio no sistema rtk

  • RTK UHF: Neste caso, você deve colocar um receptor em um ponto com coordenadas conhecidas para, em seguida, obter os dados dos pontos de interesse. Com isso, o receptor base vai propagar a correção dos atrasos e isso possibilita um posicionamento centimétrico. E vale ressaltar que o UHF nada mais é do que ondas de rádio que vai de 300Mhz até 3Ghz.
  • RTK GSM: Para realizar o próximo procedimento, é necessário fazer uma chamada telefônica entre a base e o rover. Além disso, é preciso enviar os dados de correção entre ambos os pontos. Mas, a principal diferença do GSM é que ele usa sinal de celular (por isso a ligação) ao invés do RTK UHF.
  • RTK IP Direto: Agora, nós temos ainda mais semelhanças. O IP Direto só se diferencia do GSM, pois, aqui, nós temos a conversão do sinal de celular para internet. Ou seja, vai da base para o rover via internet.  Outro detalhe, é que graças a internet, é possível se conectar a vários rovers!
  • RTK em Rede: Por fim, temos o RTK em rede que também utiliza a conexão GSM. Entretanto, aqui é necessária a existência de uma serie de bases instaladas.  Tais bases permitem que o rover (utilizando dentro da área) receba a correção de até três bases diferentes. Com isso, o erro linear entre a base e o móvel é eliminado. 

Em síntese, é importante se preparar e buscar o método mais adequado para sua equipe em campo. E, para te ajudar nesse processo, aqui na Rocha Alves Topografia você encontra diferentes equipamentos de topografia e GPS GNSS para locação. Não perca tempo e faça seu orçamento agora mesmo!

Abrir chat
Precisa de Ajuda?
Olá! Seja bem-vindo a Rocha Alves Topografia